Little bottles of joy

O poder da resiliência

junho 24, 2016

resiliencia 1

Discutindo com os meus alunos, da turma de MBA em varejo e negócios de moda, dias atrás sobre as mudanças do comportamento do consumidor e como o jornalismo de moda fica neste processo, chegamos à conclusão que comunicar hoje se tornou uma roleta russa. Não existem mais fórmulas ou ações seguras e comunicação “certa ou errada” tem as mesmas proporções.

Pensando em como ajuda-los a sobreviver e produzir bons trabalhos neste ambiente tão instável, sugeri o livro Adapte-se de Andrew Zolli e Ann Marie Healy. Um livro que tem me ajudado muito a entender estas mudanças e principalmente, o poder da resiliência.

Pensa comigo! Desde nosso descobrimento fomos educados e vivemos em uma estrutura hierárquica. De cima para baixo, onde os mais poderosos ou inteligentes guiam e a base – ignorante e idiota – segue. Foi assim na escola e é assim no trabalho. Vivemos um momento de ruptura porque esta estrutura ruiu!

Não adianta tentar juntar os cacos e reconstruir este sistema como os castelinhos que construíamos com blocos de madeira coloridos, quando crianças. As pessoas já entenderam que não precisam ser parte da base ou se esforçar para chegar ao topo. Elas podem ser apenas ELAS!

A desconstrução deste sistema afetou diretamente a minha área de atuação: a Comunicação. Não precisamos mais esperar o Jornal Nacional para saber o que aconteceu no dia e os publicitários não são mais os donos da verdade na hora de vender produto. Você já consegue ver os acontecimentos em tempo real através de algum vídeo que alguém fez com seu smartphone e postou no Facebook e a propaganda “boca a boca” vem trazendo mais resultados que um comercial de 30” no horário nobre da Globo.

Daí você me questiona, mas estas pessoas estão comunicando de forma errada, elas não tem senso crítico ou formação para transmitir uma notícia de forma imparcial ou não entendem nada de consumidor para fazer propaganda. OK! Me fale uma mídia que você acha que comunica de forma correta e é imparcial ou me aponte onde está o conhecimento especialista em consumidor dos publicitários que criaram o último comercial da Aspirina ou da Skol, no carnaval de 2015. Bom, acho que respondemos esta questão!

resiliencia 3

Resiliência é o poder de se adaptar as mudanças! De ver oportunidade e novos caminhos ao invés de querer se manter no passado ou reconstruir estruturas ruídas. Felizes serão as pessoas e os profissionais que sabem usar este poder, principalmente neste momento de ruptura social que vivemos. Falo isso para meus alunos todas as aulas e discutimos sempre isso em conversas de amigos sobre o atual cenário no mercado de trabalho.

Poderia ficar dias fazendo analises sobre os acontecimentos atuais e apontando como estruturas antigas foram rompidas e por que não devemos nos esforçar para trazê-las de volta, mas prometi que agora terei textos menores no blog, então podemos discutir em outros posts aqui 🙂

Acho que o primeiro passo para adaptar-se a estas mudanças e seguir positivamente no cenário atual é partir do princípio que o meu direito termina onde começa o do outro. Nenhuma medida é válida quando faz o outro sangrar! Nenhuma estrutura é boa quando alguém apanha e nenhuma comunicação é eficiente quando uma parte dela não tem voz!

Os gritos de quem questionam as matérias jornalísticas, as campanhas publicitarias, os filmes e a nossa própria história, são gritos de quem conseguiu se libertar do domínio do topo da pirâmide e podem dizer ao mundo que isso está errado. Escute-os! Ao invés de tentar aprisioná-los, mais uma vez, tente entende-los e respeite seu espaço.

Ainda acha isso uma baboseira? Então olhe em volta! Agências de publicidade e redações cada vez mais vazias, igrejas perdendo fiéis, profissionais escolhendo ser microempreendedores a diretor de uma empresa. E não venha com essa que tudo é culpa da crise econômica. Há muitos outros motivos que foram escondidos debaixo do tapete.

Seja resiliente! Veja o mundo e escute os outros!

Tudo bem ser quem você é! O mais difícil é descobrir quem você realmente é e o que você é porque alguém um dia te disse que era importante ser!

resiliencia 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *